Pluritime – Contabilidade e Gestão

Segunda - Sexta
9h00 - 12h30 | 14h00 - 18h00

Rua Central, nº 29
2495-183 Leiria

 

Conhece os instrumentos fiscais mais relevantes para o apoio ao investimento da sua empresa?

Um bom planeamento fiscal visa a tomada de decisões que otimizem a fiscalidade das empresas. Um aspeto que é muito importante reter é a importância que o contabilista assume neste processo, nomeadamente ao nível dos incentivos fiscais.

A capitalização do investimento juntamente com a minimização do impacto fiscal, pela via dos benefícios fiscais ao investimento, certamente que conferem vantagens competitivas, beneficiando o aumento da rentabilidade da empresa.

Entende-se o porquê dos gestores desconhecerem as reais possibilidades de elegibilidade das suas empresas aos regimes previstos no Código Fiscal do Investimento. Sendo as empresas maioritariamente micro e PME´s, facilmente o gestor está debruçado sobre aspetos mais direcionados para a vertente operacional e de desenvolvimento do negócio do que propriamente para a área fiscal e financeira da empresa.

Por essa razão, o seu Contabilista Certificado deve ter um papel decisivo e estratégico neste âmbito. Ele deve fazer uso do conhecimento e proximidade que detém da sua empresa de forma a esclarecer sobre a legislação fiscal em vigor e aconselhar sobre as medidas fiscais que pode beneficiar visando a redução do montante de impostos a pagar.

Uma estratégia de planeamento e poupança fiscal é uma fonte de geração de valor para a empresa.

O desempenho Estratégico do seu Contabilista

Encara a Contabilidade como um Investimento para a sua empresa?

Investir no serviço de contabilidade certo poupa-lhe dores de cabeça e potencia aliar-se a um parceiro estratégico (o seu contabilista certificado) que certamente terá uma abordagem mais próxima à gestão da sua empresa.

Bem aconselhado pelo seu contabilista, o planeamento fiscal pode ganhar destaque na gestão da sua empresa. Não só poderá tomar as melhores decisões relativamente ao investimento produtivo para a sua empresa, como também podem ser postas em prática medidas para visar uma maior eficiência fiscal.

Estes, claro, são fatores de diferenciação na relação que mantém com o seu contabilista. É igualmente função do contabilista ditar um maior aproveitamento das diversas opções de incentivos fiscais por parte dos seus clientes – desde que elegíveis, claro!

A poupança fiscal conseguida com os benefícios é uma boa prática de gestão.

Importa aferir o porquê de haver situações onde as empresas não usufruem de incentivos fiscais que à partida poderiam estar elegíveis.

Por um lado, pode-se admitir que existem “falhas” na orientação das tomadas de decisões por parte dos gestores para o planeamento e eficiência fiscal. Contudo, devidamente justificadas pelo facto de predominantemente estarem orientados para a manutenção e continuidade do seu negócio.

Por outro, a densidade e complexidade da informação sobre os diversos mecanismos de incentivos fiscais ativos, pode levar a alguma desinformação e consequente desinteresse/desistência por parte das empresas em aderir.

O antídoto pode passar por um Serviço de Contabilidade mais Eficiente – mais próximo da gestão das empresas. Orientar o serviços para aspetos mais estratégicos de desenvolvimento do negócio, seja numa vertente de planeamento e consequente análise de cenários viáveis, seja em garantir que a sua empresa tem disponível informação relevante no momento certo e todas as condições para garantir crescimento e mais rentabilidade.

Fonte: RCRContabilidade

Fale connosco, pomos à disposição dos nossos clientes, um serviço de assessoria e consultoria especializados em matéria de fiscalidade portuguesa.

 

Como podemos ajudá-lo?

Entre em contato connosco e agende uma reunião. 

pt Português
X